Resultado da pesquisa (4)

Termo utilizado na pesquisa Cury F.S.

#1 - Evaluation of the applicability of musculoskeletal ultrasonography of the thoracolumbar and lumbar spine segment of healthy dogs

Abstract in English:

Changes in the spine of dogs are usually detected in clinical and in surgical practice. Few studies exist on musculoskeletal ultrasound anatomy of the thoracolumbar and lumbar segments of the normal spine of dogs. This study aimed to compare the normal musculoskeletal ultrasound anatomy of the T10-S1 vertebral segments with images obtained with magnetic resonance imaging (MRI), computed tomography (CT), and anatomical structures, and to establish the ability to identify structures using these modalities. Ultrasound scans allowed visualization of the muscles of the region, articular processes, spinous process, interspinous ligament, and yellow ligament in the lumbosacral window. Computed tomography images provided better bone details, compared to ultrasound images. Low-field MRI allowed the identification of the same structures identified with ultrasound imaging, and allowed the identification of cerebrospinal fluid, transverse processes, and provided improved detail of the intervertebral discs and spinal cord. Knowledge of ultrasound anatomy of the region may allow the the identification of muscle and ligament injuries. Thus, in cities where CT and MRI are inaccessible, ultrasonography of the region could be a good alternative to identify possible changes not observable with radiographic examination or to complement radiographic examination.

Abstract in Portuguese:

Alterações na coluna vertebral de cães são comumente encontradas na rotina clínica e cirúrgica veterinária. Existem poucos estudos sobre a anatomia ultrassonográfica musculoesquelética do segmento toracolombar e lombar da coluna vertebral normal de cães. O objetivo deste trabalho foi comparar a anatomia ultrassonográfica musculoesquelética normal dos segmentos vertebrais T10-S1 com imagens obtidas pela ressonância magnética, tomografia computadorizada e peças anatômicas visando demonstrar a sua capacidade de identificação de estruturas. A varredura ultrassonográfica permitiu a visibilização da musculatura da região, processos articulares, processos espinhosos, ligamentos interespinhosos e ligamento amarelo na janela lombossacra. A tomografia computadorizada forneceu imagens com melhor detalhamento ósseo quando comparada ao exame ultrassonográfico. A ressonância magnética de baixo campo permitiu a identificação das mesmas estruturas que o exame ultrassonográfico acrescido da identificação do líquido cerebroespinal, processos transversos e melhor detalhamento dos discos intervertebrais e medula espinhal. Com o conhecimento da anatomia ultrassonográfica da região, acredita-se que lesões musculares e ligamentares possam ser identificadas. Vale salientar que em cidades onde a tomografia computadorizada e a ressonância magnética não estejam acessíveis a ultrassonografia da região pode ser uma boa alternativa para identificar possíveis alterações não visibilizadas ao exame radiográfico, ou complementá-lo.


#2 - Sexual dimorphism and perineal structure in Coendou prehensilis (Prehensile-tailed porcupine), 36(12):1215-1220

Abstract in English:

ABSTRACT.- Cury F.S. & Ambrósio C.E. 2016. [Sexual dimorphism and perineal structure in Coendou prehensilis (Prehensile-tailed porcupine).] Dimorfismo sexual e estrutura perineal em Coendou prehensilis (Ouriço-cacheiro). Pesquisa Veterinária Brasileira 36(12):1215-1220. Departamento de Medicina Veterinária, Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Av. Duque de Caxias Norte, Pirassununga, SP 13635-000, Brazil. E-mail: fcury@usp.br Coendou prehensilis is a mammal that belongs to the Rodentia order, which consists of five suborders: Sciuromorfos, to which the squirrels belongs; Castorimorfos where we have the beavers; Myomorfos, which include the mice; Anomaluromorfos, Hare jumper, and Hystricomorfos, where we have the capybara. We used the porcupine clerk in the research (Coendou prehensilis), one male and one female, both adults. These animals were transferred to the Laboratory of Anatomy, Department of Veterinary Medicine, Faculty of Animal Science and Food Engineering, University of São Paulo (FZEA/USP), originating from roadaccidents in Pirassununga, SP (Registration n. 43274-1 SISBIO). The animals were fixed with 10% formaldehyde and dissected in the perineum region. The results showed that the only feature which allows us to differentiate males from females is the space between anus and the genitals of the animals; the male has a larger space than the female. The perineum is an extra cavity region with lozenge definition, and this definition is formed by interpubic bones, the pubic and processes of the pubic and ischium. The male Coendou prehensilis perineum consists of five major muscles, three arranged on the urogenital diaphragm surface (ischiocavernosus muscles, M. bulbocavernosus and Mm. bulboesponjosos) and two in the pelvic diaphragm (M. levator ani and M. penis retractor). The female’s perineum is composed by ischiocavernosus, bulbospongiosus, levator ani and external anal sphincter muscles. We conclude that both sexes have the ischiocavernosus muscles, Mm. bulboesponjosos, M. levator ani and external anal sphincter, and it is very important to study the perineal region of the animals, because understanding the function and location of each muscle we can contribute to future research on reproduction and animal behavior during copulation, helping to a better knowledge about reproductive potential of Erethizontidae rodents, and to contribute in the applied biotechnology development of reproduction, what can be helpful even in captivity reproduction of these animals besides the ones in free environment.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Cury F.S. & Ambrósio C.E. 2016. [Sexual dimorphism and perineal structure in Coendou prehensilis (Prehensile-tailed porcupine).] Dimorfismo sexual e estrutura perineal em Coendou prehensilis (Ouriço-cacheiro). Pesquisa Veterinária Brasileira 36(12):1215-1220. Departamento de Medicina Veterinária, Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Av. Duque de Caxias Norte, Pirassununga, SP 13635-000, Brazil. E-mail: fcury@usp.br Coendou prehensilis é um mamífero da ordem Rodentia, que é composta por cinco subordens: Sciuromorfos, a qual pertencem os esquilos; Castorimorfos, onde encontramos os castores; Myomorfos, a qual encontramos os ratos; Anomaluromorfos, Lebre-saltadora, e os Histricomorfos, onde observamos a capivara. Utilizamos nesta pesquisa o ouriço-cacheiro (Coendou prehensilis) sendo um macho e uma fêmea, ambos adultos. Estes animais foram encontrados em óbito por atropelamento nas rodovias da região de Pirassununga-SP e cedidos para o Laboratório de Anatomia do Departamento de Medicina Veterinária da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo FZEA/USP devido a permissão do Ibama para estudar os animais (Registro SISBIO no. 43274-1), os quais foram fixados com formaldeído a 10% e dissecados na região do períneo. Os resultados mostraram que a única característica que nos permite diferenciar machos de fêmeas, é o espaço entre o ânus e as genitais dos animais, sendo que o macho apresenta essa distância maior que a fêmea. O períneo é uma região extra cavitária de delimitação losangular, sendo essa delimitação feita pelos ossos interpubiano, púbico e pelos processos do púbis e ísquio. O períneo do Coendou prehensílis macho é composto por cinco principais músculos, sendo três encontrados dispostos no diafragma urogenital superficial, (Músculos isquiocavernosos, M. bulbocavernoso e Mm. Bulboesponjosos) e dois no diafragma pélvico (M. levantador do ânus e M. retrator do pênis). O períneo da fêmea é composto pelos músculos (isquiocavernoso, o bulboesponjoso, levantador do ânus e esfíncter anal externo). Conclui-se que ambos os sexos possuem os músculos isquiocavernosos, Mm. Bulboesponjosos, M. levantador do ânus e esfíncter anal externo, além de que o estudo da região perineal dos animais é de grande importância, pois através do entendimento da função e localização de cada músculo, podemos contribuir para futuras pesquisas sobre reprodução e comportamento animal durante a cópula auxiliando para um melhor entendimento do potencial reprodutivo de roedores da família Erethizontidae, além de contribuir na base do desenvolvimento da biotecnologia aplicada à reprodução visando até mesmo à reprodução desses animais em cativeiro além do meio ambiente livre.


#3 - Gliceryn can replace formaldehyde for anatomic conservation, 36(7):671-675

Abstract in English:

ABSTRACT.- Karam R.G., Cury F.S., Ambrósio C.E. & Mançanares C.A.F. 2016. [Gliceryn can replace formaldehyde for anatomic conservation.] Uso da glicerina para a substituição do formaldeído na conservação de peças anatômicas. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(7):671-675. Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Orlando Marques de Paiva 87, Bloco 17, Piso Superior, Cidade Universitária, São Paulo, SP 05508 270, Brazil. E-mail: fcury@usp.br The formalization is the main form of body and anatomic conservation, mainly due to its low cost. The technique is based on the use of formaldehyde (5-20%) as fixative and preservative. However there are several negative factors on their use, unpleasant smell, browning, weight gain and stiffness of parts and serious environmental problems if disposed of incorrectly, and is a product classified by the International Agency for Research on Cancer as highly carcinogenic. There are several options to replace formaldehyde and glicerinação is one of them, whose which will be treated in this work. Glycerin dehydrates the cell and acts as antifungal and antibacterial, and has many advantages compared to formaldehyde. But its cost is still high and this explains their limited use in the anatomy lab. This work aims to show the advantages of using glycerin in relation to formaldehyde and propose a possible replacement of this carcinogen to preserve the health of students, staff and teachers within the laboratory, and allows a more pleasant environment for learning.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Karam R.G., Cury F.S., Ambrósio C.E. & Mançanares C.A.F. 2016. [Gliceryn can replace formaldehyde for anatomic conservation.] Uso da glicerina para a substituição do formaldeído na conservação de peças anatômicas. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(7):671-675. Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Orlando Marques de Paiva 87, Bloco 17, Piso Superior, Cidade Universitária, São Paulo, SP 05508 270, Brazil. E-mail: fcury@usp.br A formalização é a principal forma de conservação de corpos e peças anatômicas, devido principalmente ao seu baixo custo. A técnica baseia-se na utilização do formaldeído (5-20%) como fixador e conservador. Entretanto existem vários fatores negativos à sua utilização, como odor desagradável, escurecimento, aumento de peso e rigidez das peças e sérios problemas ambientais quando descartada de forma incorreta, além de ser um produto classificado pela Agência Internacional de Pesquisas em Câncer como altamente cancerígeno. Existem várias opções para substituir o formaldeído, a glicerinação é uma delas, cujo será tratada neste trabalho. A glicerina atua como antifúngico e bactericida, além de ter muitas vantagens em relação ao formol, tratando-se de odor, textura e coloração, além de não ser prejudicial a saúde. Porém o seu custo ainda é elevado e isso explica sua pouca utilização em laboratórios de anatomia. Este trabalho tem como objetivo mostrar as vantagens do uso da glicerina em relação ao formol e propor uma possível substituição deste produto cancerígeno para preservar a saúde dos alunos, funcionários e professores dentro do laboratório, além de permitir um ambiente mais agradável para o aprendizado.


#4 - Anatomical techniques in the animal anatomy practice teaching, 33(5):688-696

Abstract in English:

ABSTRACT.- Cury F.S., Censoni J.B. & Ambrósio C.E. 2013. [Anatomical techniques in the animal anatomy practice teaching.] Técnicas anatômicas no ensino da prática de anatomia animal. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(5):688-696. Departamento de Medicina Veterinária, Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Av. Duque de Caxias Norte, Pirassununga, SP 13635-000, Brazil. E-mail: ceambrosio@usp.br The concern about preservation of anatomical specimens in existence for over 5000 years, since the use of anatomical parts, are indispensable for teaching and contribute for the improvement of applicative, assimilative skills and understanding of the discipline. This paper proposes better use of techniques in anatomy laboratories, to abolish the use of formaldehyde as preservative, allowing a pleasant environment for the practice of teaching/learning relationship. For this purpose, we used four anatomical techniques, (1) the cryodehydration, (2) glycerin conservation, (3) latex injection and (4) vinylite injection followed corrosion, we executed using dogs, cats and organs from donations. With cryodehydration and glycerin conservation the anatomical materials were considerably lighter than when kept in formaldehyde, odorless unlike in the use of formaldehyde and other preservatives. The structures to be studied were kept intact, easily to view, and the specimens could be stored in closed boxes without any liquid, thus remaining for up to 3 years. The Injection techniques (latex and vinylite followed by corrosion) showed total efficiency to inject filling systems, and allowed a clear view of all ramifications and paths of the circulatory system. The four anatomical techniques studied were shown to be sufficient to meet the needs of students to study anatomy due to the perfect disclosure of external and internal animal structures.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Cury F.S., Censoni J.B. & Ambrósio C.E. 2013. [Anatomical techniques in the animal anatomy practice teaching.] Técnicas anatômicas no ensino da prática de anatomia animal. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(5):688-696. Departamento de Medicina Veterinária, Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Av. Duque de Caxias Norte, Pirassununga, SP 13635-000, Brazil. E-mail: ceambrosio@usp.br A preocupação quanto a conservação de peças anatômicas existe a mais de 5 mil anos, pois o uso de peças cadavéricas são indispensáveis para o ensino, contribuindo com a melhora das habilidades aplicativas, assimilativas e compreensivas da disciplina. Esse trabalho propõe maior utilização das técnicas apresentadas em laboratórios de anatomia, visando abolir o uso do formol como conservante, permitindo um ambiente agradável para a prática da relação ensino-aprendizagem. Para isso foram utilizadas quatro técnicas anatômicas, a criodesidratação, glicerinação, injeção de látex e injeção de vinilite seguido de corrosão, que foram executadas utilizando cães, gatos e órgãos provenientes de doações. Com a criodesidratação e glicerinação os materiais anatômicos ficaram consideravelmente mais leves do que eram quando mantidos em formol, mantendo-se inodoros, diferente do evidenciado na utilização de formol e outros conservantes. As estruturas de estudo das peças ficaram intactas, de fácil visualização e o armazenamento passou a ser feito em caixas fechadas sem qualquer tipo de liquido, mantendo-se assim por até 3 anos. As técnicas de injeção de látex e vinilite seguido de corrosão mostraram total eficiência preenchendo os sistemas injetados, podendo visualizar as ramificações e todo caminho percorrido no sistema circulatório. As quatro técnicas anatômicas estudadas nesse trabalho mostraram ser suficientes para atender as necessidades dos estudantes quanto ao estudo da anatomia, devido à perfeita evidenciação de estruturas externas e internas dos animais.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV
-->